Contabilidade Atividade ou Regime Simplificado em ENI ou Sociedade

 

Análise | Contabilidade organizada ou regime simplificado

Para realizar uma Análise - Atividade Organizada ou Regime Simplificado, o CRN-Contabilidade, um gabinete de contabilidade sensível à adoção de meios eficazes de comunicação com os empresários, pode influenciar a estratégia de negócio. Neste artigo, discutiremos os vários regimes fiscais e saberemos qual escolher ao analisar as tabelas comparativas das características principais.

 

Vantagens 

  • É possível obter uma estimativa dos resultados desejados com ajuda de profissionais de economia e finanças, prevenindo surpresas na contabilidade e evitando multas. Ao receber suporte na gestão de empresas, é provável fazer a escolha certa em responsabilidades fiscais conforme as suas necessidades e expectativas em que diferença entre contabilidade em trabalhador independente dar início de atividade mediante o volume de faturação caso por defeito pela autoridade possui isenção do IVA sendo um dos benefícios.

 

Cuidados a ter:

  • Certifique-se de obter respostas para todas as suas dúvidas; Consulte um especialista, cada situação é única.

  • Ter em atenção às principais diferenças caso tenha gastos com combustíveis, análise com o contabilista de forma rigorosa os rendimentos, analisar a utilização de viatura, talvez, pondere uma mudança de regime abrir uma empresa sociedade por quotas

  • Como trabalhador independente no regime simplificado com rendimento anual bruto a estimativa deverá ser abaixo dos 14 500 € conforme indica na Autoridade Tributária e Aduaneira n.º 6 do art.º 28.º do CIRS automaticamente ultrapassando os 200000 € passa automaticamente para contabilidade organizada, neste caso a decisão não cabe ao trabalhador independente.

 

Como passar de contabilidade organizada para regime simplificado?

  • Para efetuar mudança de regime é até final de março de cada exercício devido à complexidade solicite a um contabilista para efetuar a declaração de alterações,

 

Solicite uma eventual reunião

 

Características principais da atividade organizada e Regime simplificado?

Neste quadro poderá distinguir as características principais da atividade organizada e regime simplificado.

O contribuinte é tributado no valor resultante da multiplicação do coeficiente ao rendimento bruto (sem IVA).

 

Quais as obrigações do Regime Simplificado?

Ao possuir um Contabilista certificado, é possível facilitar o processo de entrega trimestral da Declaração da Segurança Social, sendo necessário indicar os valores do trimestre anterior para o cálculo do montante a pagar. As datas de entrega variam segundo o trimestre do ano, com prazos em abril, julho, outubro e janeiro. Além disso, na declaração de IRS (Modelo 3), é obrigatório preencher o anexo B, e é possível optar pelo regime isento de IVA conforme o artigo 53.º No caso dos ENI que prestam serviços listados no artigo 151.º do CIRS, aplicando o coeficiente 0,75 no rendimento bruto anual após a dedução do valor fixo de 4104,00 €. A contratação de um Contabilista certificado pode ser fundamental para garantir o cumprimento das obrigações fiscais e evitar possíveis penalizações.

 

Quais as obrigações da contabilidade organizada?

Para abrir uma empresa em Portugal com um Contabilista certificado, é importante perceber como a Segurança Social é calculada com base no lucro da atividade. Além disso, é vantajoso estar dispensado do envio da declaração trimestral da Segurança Social e poder deduzir automaticamente os prejuízos dos últimos 5 anos à declaração com lucro. No momento de preencher a declaração de IRS, é necessário completar o anexo C da declaração e estar ciente do regime aplicável quando as despesas ultrapassam os 25%. Essas são informações essenciais para garantir uma gestão financeira eficiente e consoante a legislação em vigor em Portugal.

 

Pontos globais nos dois regimes

Durante os primeiros 12 meses, não é necessário pagar a Segurança Social; a taxa contributiva é de 21,40%; a declaração de IRS deve ser enviada entre abril e junho do ano seguinte; é necessário enviar a declaração de IVA mensal ou trimestral; a taxa de IRS para o lucro tributável varia entre 14,50% e 23%.

 

Quais os Coeficientes de Tributação do regime simplificado?

Os coeficientes de tributação do regime simplificado variam consoante tipo de rendimento obtido. Para vendas de mercadorias e produtos, bem como prestação de serviços no setor da hotelaria, restauração e bebidas (exceto no âmbito da exploração de alojamento local), o coeficiente é de 0,15. Já para prestação de serviços listadas no artigo 151.º do código do IRS, o coeficiente é de 0,75, e para outras prestações de serviços não mencionadas anteriormente, o coeficiente é de 0,35. Para rendimentos de `royalties´, saber fazer e outros rendimentos, o coeficiente é de 0,95, enquanto subsídios ou subvenções não destinados à exploração têm um coeficiente de 0,30. Por fim, subsídios destinados à exploração e os restantes rendimentos da Categoria B têm um coeficiente de 0,10. Estes coeficientes são aplicados na determinação do rendimento tributável no regime simplificado de tributação.

Quais as Despesas Dedutíveis Contabilidade Organizada

Neste regime de Despesas Dedutíveis Contabilidade Organizada, é crucial ter em conta que as despesas devem ser superiores a 25% dos rendimentos para serem consideradas. Estas despesas incluem combustível, estadias, material informático, material de escritório, gastos com pessoal, fornecedores de produtos e serviços e deslocações. É importante manter um registo detalhado de estas despesas para garantir uma gestão adequada e eficiente do negócio.

  • Rendimentos decorrentes de prestações de serviços efetuadas pelo sócio a uma sociedade abrangida pelo regime de transparência fiscal.

Note que: Despesa é = (1 – Coef)*100

  • Portagens.

     

Quais as diferenças entre o Regime Simplificado e a Atividade Organizada?

A tabela a seguir destaca as diferenças entre o regime de contabilidade Simplificado (ou trabalhador independente) e o Regime de Atividade Organizada as obrigações fiscais e limites de rendimentos. Para rendimentos abaixo de 200.000,00€, não é obrigatória a dedução de despesas e nem a contratação de um contabilista certificado. Já para rendimentos acima de 200.000,00€, a dedução de gastos só pode ser feita com um contador certificado, sendo esta contratação obrigatória nesse caso. Essas diferenças são essenciais para empresários e profissionais autónomos que precisam escolher o regime fiscal mais adequado para a sua realidade financeira.

 

Quais as vantagens do regime de contabilidade organizada?

Uma das principais vantagens do regime de contabilidade organizada é a possibilidade de ter um controle mais preciso das despesas inerentes à atividade, tais como as relacionadas ao Técnico Oficial de Contas, combustíveis, deslocações, estadias, manutenção, entre outras. Com uma maior precisão nas previsões, é possível otimizar o planeamento financeiro e garantir uma gestão mais eficiente dos recursos. Além disso, a contabilidade organizada permite uma dedução mais adequada das despesas, como nas deslocações do contribuinte e familiares, onde apenas 10% do total do rendimento bruto da atividade poderão ser deduzidos. Isso garante uma maior transparência e conformidade com a legislação fiscal, evitando problemas futuros.

 

Conclusão

Os empresários em nome individual apesar das diferenças do regime de contabilidade simplificado e Contabilidade Organizada, podem sempre optar pela contabilidade Organizada mesmo que não excedam os 200 mil euros.

 

 

Solicite uma eventual reunião

 

Quando é preciso ter contabilidade organizada?

Não há dúvidas de que ter contabilidade organizada é fundamental para qualquer empresa, independente do seu porte ou ramo de atuação. Mas afinal, quando é preciso ter contabilidade organizada? A resposta é simples: sempre. A contabilidade não serve apenas para cumprir obrigações fiscais e legais, mas também para fornecer informações importantes para a gestão financeira do negócio. Manter as finanças em dia e organizar os registos contabilísticos desde o início é essencial para garantir o sucesso e a sustentabilidade da empresa a longo prazo. Portanto, não espere até que seja tarde demais para investir numa contabilidade organizada. Invista desde já e colha os frutos no futuro.

 

Quanto custa ter contabilidade organizada?

 

O preço da contabilidade organizada é determinado pelo valor do negócio. É importante pedir um orçamento e consultar a CRN-CONTABILIDADE para saber o custo para o regime de contabilidade ENI (Regime de trabalhador Independente) ou se, no entanto, a melhor opção dos dois regimes de tributação é a contabilidade organizada ou podemos auxiliar a mudar de regime.

A empresa tem uma equipa que pode responder às suas perguntas. A qualidade da contabilidade ajuda a melhorar os detalhes do seu negócio e a escolher as melhores opções financeiras de curto e longo prazo.

 

Caso necessite de um contabilista certificado para auxiliá-lo nas suas questões.

 

Marque uma eventual reunião

 

Mais artigos do Blogue: