O IRC é o imposto sobre os lucros anuais de uma empresa ou organização, ao que é comunicado através da submissão do Modelo 22 até 31 de maio do ano seguinte ao que está se apurar (se o ano fiscal não for igual ao ano civil, até ao quinto mês após encerramento do ano).

O Lucro é apurado através da subtração da faturação bruta anual e o total das despesas brutas num ano. Após a subtração, o lucro é ajustado, acrescentando ou deduzindo, as despesas ou alterações ao capital próprio que não sejam aceites, entre outros pontos de ajuste ao lucro, o que resulta em Lucro ou em Prejuízo Fiscal.

Ao Lucro Fiscal podem abater-se os prejuízos de anos anteriores, resultando na Matéria Coletável.

Apura-se a coleta de IRC através da multiplicação da matéria coletável com a taxa de 17% (nos primeiros 15.000€) e a taxa de 21% (no restante valor acima dos 15.000€), no caso de pequenas e médias empresas.

À coleta de IRC, é deduzido os pagamentos por conta e os pagamentos especiais por conta liquidados durante o ano apurado, o que totaliza o valor a pagar até 31 de maio ou a receber por volta do mês de agosto.

O gabinete de contabilidade da CRN-Contabilidade encontra-se disponível para esclarecer questões pertinentes sobre o seu negócio. 

Fortalecemos a importância da informação prestada aos nossos clientes, de modo a garantir a fiabilidade da sua empresa ou organização. Para falar connosco, marque já sua Reunião.