Contabilidade Digital

Contabilidade Digital

No artigo falamos da contabilidade digital, bem como das stories temporais desta profissão prestigiante que vai se transformando à medida que a tecnologia evolui, no nosso quotidiano.

 

A história desta matéria encontra-se disponivel on-line por toda a parte, bem se lembram que antigamente os profissionais Tecnicos de Contas, ao longo dos ultimos 250 anos os Portugueses interpretam a analise do fenomeno, o periodo alvo de estudo era organizado por quatro sub-períodos e segmentado de acordo com o processo politico e economico: Monarquia, República até à Reforma Fiscal de 1965, vidorava o periodo do Código da Contribuição Industrial entre 1965 e 1989, ou o periodo da Reforma Fiscal de 1989 até à data.

 

Em 1995, Deu-se a Criação da Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas onde a profissão atingiu o nivel de credibilidade e dignidade mais desejado.

Contudo, mediante de conflitos de interesses algumas dificuldades foram desenrolando, à medida que os anos passavam devido a falta de regulamentação e o acesso quanto à escolaridade, existia aquela observação dos profissionais credênciados, não pretendiam ser equiparados a qualquer pessoa que consideravam menos capazes.

 

Desde a Implementação do Código da Contribuição Industrial a Administração Fiscal teve um papel fundamental no desenvolvimento da profissão em Portugal.

 

Vantagens

  • A obtenção de Maior coesão nas contas dos Pais;
  • A obtenção de Maior Exigência de classificação académica.

 

Desvantagens

  • Os profissionais pretendiam dificultar o acesso.

 

Conclusão

Em Portugal, verificou-se a dada altura necessidade de credibilizar os nossos mercados perante os extrangeiros que maioritariamente investiam no nosso pais, a profissão dos Tecnicos de Contas ganhou prestigio desde o inicio da sua criação, embora existiu ao longo do tempo interesses dos mesmo profissionais, sentirem-se destacados em relação a outros profissionais menos capazes de representar Portugal, na matéria contabilistica importante da internacionalização.

 

 

 

Contabilista e o computador 

A contabilista e o computador deu-se meados dos anos 80, através dos computadores pessoais e da empresas deu-se uma grande evolução.

 

Quais os beneficios da inovação na década de 80 e 90:

  • Possibilidade de Impressão de Documentação;
  • Possibilidade de Digitalização.

 

Apesar destes serem dos grandes marcos da história a TI (Técnologia e Informação teve um papel fulcral em ser um dos maiores aleados dos Técnicos de Contas

 

Vantagens

  • A Criação de Software de Faturação;
  • A Criação de Software de Gestão;
  • O Software de Logistica;
  • A Gestão Integrada;
  • Aumento de produtividade.

 

Desvantagens

  • O Aumento de Custos referente à tecnologia;
  • O Aumento de Custos referente ao papel e custos de Impressão.

 

Conclusão

Nas Décadas, Na Profisão deu-se um marco importante na técnologia sendo a maior aleada da profissão durante anos, o aumento de produtividade foi elevado, igualmente como o custo/beneficio nesta area de investimento, efetivamente foi a era do aparecimento de qualidade das condições de trabalhos dos Técnicos Oficiais de Contas que viram as suas ferramentas de trabalho desenvolverem-se com softwares que auxiliam a poupar tempo em contabilizações e apresentações de contas tanto aos empresários nas passagens de informações de exercicios anuais ao estado. Oriundo da proxima fase da Técnologia e as Contas começou a existir uma transição gradual com o aparecimento da Internet, acessos a portais das Finanças e Segurança Social foram criados, de modo, a efetuar-se as comunicações prévias, cumprindo, de modo, mais facil e eficaz as obrigações fiscais. Isto deveu-se ao desenvolvimento de novos sistemas operativos como o Windows 98, bem como o Windows Millenium e posteriormente o windows XP, que muitos anos foi o sistema operativo que relançou os softwares no mercado empresárial maioritáriamente. Este fenómeno permitiu uma aproximação dos Técnicos Oficiais de Contas e a Técnologia, bem como, a procura de formação nas TI (Tecnologias e Informação)

 

 

 

Contabilista Online

O Contabilista Online, tal como, se denomina é o profissional que é bastante procurado a partir do ano 2020, devido à crise pandémica, de modo, a não existir contactos fisicos, de modo, a existir maior segurança e otimização de processos.

 

Como se deu esta transformação:

  • A usabilidade de nuvens de armazenamento incriptadas, como Google Drive e Dropbox;
  • Os softwares de contas têm a capacidade de incluir um Arquivo Digital;
  • Trocas de emails.

 

Vantagens

  • O menor numero de deslocações por parte dos contabilistas e os profissionais;
  • A possibilidade de ganhar mais tempo na gestão do seu negócio;
  • Menos custos de deslocação;
  • Menos custos de papel;
  • Maior segurança devido ao virus que marcou o Ano 2020;
  • Optimização de processos da contabilidade;
  • A possibilidade do contabilista precisar de um documento e estar disponivel na nuvem;
  • O cliente se precisar de, igual modo, consultar um documento ou uma fatura anterior pode, modo, simples consultar;
  • Facilita o trabalho do contabilista;
  • Auxilia o dia de trabalho do empresário.

 

Desvantagens

  • Menos comunicação;
  • Menor interação social;
  • Menos ambiente de trabalho;
  • Aparecimento do teletrabalho dos contabilistas, de forma, isolada;
  • Promove o desaparecimento das impressoras no futuro;

 

Conclusão

Em 2021, deu-se uma grande transformação forçada pela pandemia do coronavirus, que potêncializou a necessidade de trabalho dos contabilistas à distância, contudo, o RGPD poderá ainda não estar regulamentado nesta matéria ao detalhe , podemos dizer quer a técnologia numa década deu um salto para o software e evolução das empressoras durante 20 anos e verifica-se em apenas 2 anos começar-se abordar a tendência dos softwares adotarem possibilidade do arquivo digital para os escritorios e gabinetes, de modo, a facilitar a desmaterialização, no mundo empresarial para promover o ambiente e à bastantes incentivos no que diz respeito à destruição de arvores para este tipo de fabrico, embora existe bastante reciclagem, uma das tendências no futuro é cada vez menos existir necessidade do papel e utilizar o smartphone para apresentação de registos de transações utilizando o Código QR.